out 21 2019

14º FÓRUM REGIONAL DA COPAGEN PARA A PROTEÇÃO DO PATRIMÓNIO GENÉTICO AFRICANO

Em discussão: Sistemas alimentares na África Ocidental – conceitos, questões, desafios e perspetivas; O papel e o lugar das mulheres rurais nos sistemas alimentares sustentáveis na África Ocidental. A Tiniguena participa naquele que é o 14º Fórum da COPAGEN para a proteção do património genético africano.

Niamey, 21-22 de Outubro 2019

NIAMEY, 21 de Outubro 2019
Colheita de Arroz na Ilha Formosa

jun 05 2019

Dia de celebração para a Tiniguena

Neste dia, 5 de junho de 2019, a Tiniguena celebra três vezes. A ONG nacional completa nesta data, 28 anos de dedicação ao desenvolvimento participativo sustentável e à conservação da biodiversidade. Desde 1998 que a Tiniguena atua no domínio do ambiente e do desenvolvimento, nacional e comunitário, na Guiné-Bissau, estando também presente em redes regionais e internacionais, que partilham os mesmos valores.

No que é uma simbólica coincidência esta data marca também o Dia Mundial do Ambiente e, mais importante, a entrega do Prémio Equador 2019 à Área Marinha Protegida Comunitária das Ilhas Urok. O Prémio Equador deste ano reconheceu 20 iniciativas excepcionais em todo o mundo de comunidades e povos indígenas que promovem soluções baseadas na natureza para as mudanças climáticas e o desenvolvimento sustentável. A Tiniguena é membro do Comité de Gestão da AMPC de Urok desde a criação da área.

Aceda à nota oficial do Diretor Executivo, clicando aqui.

Saiba mais sobre a Área Marinha Protegida Comunitária das Ilhas Urok, clicando aqui.

Saiba mais sobre o Prémio Equador, clicando aqui.

jun 05 2019

AMPC Urok vencedora do Prémio Equador 2019

É com grande satisfação e orgulho que a Tiniguena enquanto animadora principal do processo de gestão participativa na Área Marinha Protegida Comunitária das ilhas Urok (Formosa, Nago e Chediã) tomou conhecimento da distinção do processo de conservação de espaços e recursos naturais em Urok como um modelo de solução local baseada na natureza para a mudança climática e prossecução do desenvolvimento durável, um facto inédito para a Guiné-Bissau. A comunidade de Urok, as estruturas de gestão local e as instituições de conservação que apoiaram este processo estão de parabéns pela visão, crença e espirito de compromisso num processo iniciado desde 1999 com muito esforço e que culminou com a construção de um “laboratório de resiliência” portador de esperanças para o nosso país e de ensinamentos para o nosso continente e o mundo.


Miguel de Barros,
Diretor Executivo da Tiniguena e membro do Comité de Gestão da AMPC Urok

abr 29 2019

CRET acolhe Assembleia Constitutiva da REDE

No dia 26 de abril de 2019, pelas 09 horas, foi realizada a Assembleia Constituinte da REDE – rede das Organizações da Sociedade Civil para Monitorização das Políticas Públicas na Guiné-Bissau. A REDE tem o objetivo de monitorar a implementação das reformas definidas como prioritárias para a estabilidade do país , fazer um relatório anual e recomendações e alertar a opinião pública nacional e internacional para factos e percepções contrárias a esse processo pela promoção de debates, workshops, conferências, e outros meios.

Esta iniciativa conta com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a consolidação da paz, através do Escritório Integrado das Nações Unidas para a Consolidação da Paz na Guiné-Bissau (UNIOGBIS) e Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

As organizações da sociedade civil participantes da Assembleia Constitutiva e signatárias de um termo de compromisso são as aqui listadas:

  1. Anadec – Ação Nacional para o Desenvolvimento Comunitário
  2. Conselho das Mulheres Facilitadoras
  3. Djemberem de Cumpu Combersa
  4. Essor – Associação de Solidariedade Internacional
  5. Farol, Direito Público da Guiné-Bissau
  6. LGDH – Liga Guineense dos Direitos Humanos
  7. ODG – Observatório da Democracia e Governança
  8. ODZH – Organização para Defesa e Desenvolvimento das Zonas Húmidas
  9. PPM – Plataforma Política das Mulheres
  10. RECEPT-GB – Rede da Campanha de Educação para Todos
  11. Tiniguena – Essa Terra é Nossa

Para aceder a mais informações sobre a REDE, como condições de adesão e atividades a realizar os interessados podem dirigir-se à sede da nova Rede nas instalações da ONG Tiniguena, no bairro de Belém.

mar 10 2019

Célula de Monitorização Eleitoral – Comunicado de Imprensa Nº 1, 10 de março de 2019

No âmbito do acompanhamento das eleições legislativas de 10 de março de 2019, a Célula de Monitorização Eleitoral divulgou a sua constatação das ocorrências durante a abertura das assembleias de voto.

Aceda ao comunicado integral clicando aqui.

Posts mais antigos «

» Posts mais novos