«

»

mar 01 2019

A família da conservação da biodiversidade na Guiné-Bissau está de luto

A Tiniguena anuncia que faleceu ontem, dia 28 de fevereiro de 2019, vítima de doença prolongada, Alfredo Simão da Silva, presidente do Conselho de Administração da Tiniguena.  Alfredo era também o atual chefe do programa da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) na Guiné-Bissau.

Alfredo da Silva presidia o Conselho de Administração da Tiniguena desde março de 2006, quando foi eleito para o cargo pela 6ª Assembleia Geral da Tiniguena. No seu percurso profissional, são de ressalvar a sua posição como diretor do Gabinete de Planificação Costeira (1999 a 2005), depois como diretor do Instituto da Biodiversidade e Áreas Protegidas – IBAP – de 2005 a 2018. Nesse ano, assumiu as suas funções na UICN.

Alfredo foi um geógrafo dedicado à conservação do património natural e territórios ameaçados. Pioneiro da planificação costeira na Guiné-Bissau e da criação do IBAP, deixa às futuras gerações um legado de trabalho pela proteção da biodiversidade no país. A sua perda será sentida pela Tiniguena e por todos os que, tal como ele, velam pela preservação dos nossos recursos e o bem-estar das nossas comunidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>