«

»

Abr 27 2017

Novo calendário para 2017 – Com um olhar virado para a gestão da exploração dos recursos naturais

 

A ONG Tiniguena vai realizar o lançamento público de mil calendários para 2017, cuja produção se integra nas atividades do projeto intitulado ´´Gestão Transparente de Recursos Sustentáveis´´ – Projecto de Reforço de Capacidades da Sociedade Civil para a monitorização da Exploração dos Recursos Naturais, financiado pela EU e com apoio da Interpares. O evento vai decorrer na 3ª-feira, dia 20 do corrente, pelas 10h00 na sede da mesma ONG, no Bairro de Belém, em Bissau, para o qual é convidado para presidir o acto oficial, o deputado Mário Dias Sami, Presidente da Comissão Parlamentar para Área da Agricultura, Recursos Naturais, Pescas, Ambiente e Turismo.

O lançamento do calendário enquadra-se igualmente num programa alargado de Jornadas Comemorativas do Dia do Consumo Nacional sob o lema geral de «Recursos da Pesca, Riqueza Nacional de Valor Mundial», que foi iniciado na 5ª.feira passada, dia 17 e termina amanhã, dia 20, culminando com o calendário e a exposição, degustação e venda de amostras de produtos da terra (agrícolas, florestais em bruto e transformados e artesanais), colocados pelas ONG´s Tiniguena, Cabaz da Terra, DIVUTEC, No Kume Sabi, Kafo e Cooperativa COAJOQ.

Essa exposição de produtos vem complementar o evento da «Festa do Peixe», que se baseia na oferta de pratos a custos acessíveis, confecionados a base de peixe, ostra, caranguejo. A iniciativa visa divulgar e promover o consumo de produtos do mar e da terra e, por outro lado, chamar a atenção do público guineense e dos decisores sobre a situação da má gestão que se regista no aspecto da exploração dos recursos naturais em geral e, em particular os recursos pesqueiros. Daí a realização de um debate radiofónico na manhã de sábado, dia 17, na RDN, em torno de questões ligadas às fraquezas do Estado na gestão dos recursos pesqueiros, no investimento no sector, na aplicação da transparência e dos mecanismos de controlo das receitas e das capturas, das licenças, entre outros. Um técnico do ministério das pescas esteve no debate confrontado com as críticas da equipa da Tiniguena chefiada pelo seu Director Executivo. O tema da pesca escolhido pela Tiniguena para esse debate constitui a temática central das jornadas comemorativas do Dia de Consumo Nacional, debate como também se enquadra nas tarefas de intervenção e questionamento da Tiniguena às políticas públicas do país sobre os recursos naturais, incluídas no seu projecto ´´Gestão Transparente de Recursos Sustentáveis´´.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>